Curta e compartilhe!

“Há muitas pessoas a quem a vaidade faz falar grego, e, até, por vezes, uma língua que não entendem.” (Nicolas Malebranche)Cuide do seu jardim…o resto da frase está todo mundo careca de saber, mas, por mais que seja uma ideia muito repetida, é verdadeira, e como! Se seu jardim anda cheio de matos, insetos, pedras e fiapos, que borboleta vai se aproximar, meu caro? Mais fácil será atrair lagartixas, sapos e cobras. Se é do seu gosto…
Cuidar-se é atitude básica e não digo pensando no seu par ou no desejo de atrai-lo, mas no fato de que é preciso cuidar-se para um viver bem consigo mesmo. Andar penteado, com roupas limpas, cheiroso não é luxo, muito menos faz de você um metrossexual. Não sei minhas caras colegas, mas eu não gosto de homens que excedem, nem para mais e nem para menos. Assim como desleixo é um não gigante saindo de minha boca, o excesso de vaidade faz do homem um ser distante nas minhas relações.
Ajude-se, embeleze-se, aprimore-se, mas não compita com as mulheres, por gentileza. Nada de sobrancelhas impecavelmente feitas, brilho rosa nos lábios ou roupas extravagantes demais (Elvis já morreu – embora fosse um charme aquele topete).
Queremos homens e não meias verdades. Nem brucutus, muito menos Bonecos Ken! Assim como nos cuidamos em academias, mas de olho em não ficarmos masculinizadas, equilibrem antes que façamos confusões tão grandes por não sabermos mais quem é o quê. Nada de competição!
ORKUT: Mayara PAZ

(Visitado 357 vezes, 1 visitas hoje)