Curta e compartilhe!

O coração bate forte no meu peito uma lágrima já nasce no meu olhar a brisa fria que vem do mar são os sorrisos das montanhas que já não conseguem chorar.A calmaria dos vales, a monotomia das estrelas a palavra esquecida e o tempo perdido são como as ondas do mar que ninguém sabe pra onde vão, são como o rio com curvas, onde quem sabe um dia uma dessas curvas venha se curvar diante dos meus pés e ai chorarei até morrer e morrerei de um mal que eu jamais saberei.

(Visitado 229 vezes, 1 visitas hoje)

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0