Curta e compartilhe!

Pode-se amar até à loucura uma mulher feia, por encantos que superam os encantos da beleza” – (Jan Paulhan). Não acredito nesta história de que o amor é cego. Ele até pode se passar por míope; cego, porém, nunca foi nem há de querer ser.

Continuar lendo…

(Visitado 62 vezes, 1 visitas hoje)