Curta e compartilhe!

Minha história não difere de muitas que já li, mas para mim é única.
Tenho 37 anos, casada há 15 anos e três filhos maravilhosos. Me envolvi com um colega de trabalho, que na época estava separado. Vivemos um louco romance, nunca antes havia traído, e achava isso um absurdo, mas vivi a melhor experiência da minha vida, nunca me senti tão mulher, tão desejada, tão querida e por essas mesmas razões a situação tomou proporções absurdas…..
Quase pirei e fiz uma loucura, conversamos e achamos que deveriíamos nos separar, antes de destruirmos muitas vidas. Ficamos oito meses separados, sofri mas superei. Ele reatou com a ex, perfeito estava tudo em seus devidos lugares, mas…..a relação não tinha terminado por falta de sentimento e sim por excesso, que ficou represado, não aguentamos mais e saimos novamente, e explosão voltou.
Só que na última vez que saímos, estavamos tão anciosos e desesperados, que não usamos preservativo, ele não tem filhos e esse é o maior sonho dele, meu marido fez vasectomia… e eu estou grávida, perdida! Não contei ainda, muitas coisas estão passando pela minha cabeça, muitos medos, mas tenho que decidir o que fazer, e se puder partilhar outros pontos de vista e opiniões ,agradeceria muito…
Fui irresponsável, inconsequente, mas agora justificar é o que menos pretendo fazer, existe um fato e contra fatos não existe argumentos….

(Visitado 525 vezes, 1 visitas hoje)